Comidinhas do Filipe – Milho

Essa é uma sugestão muito óbvia, mas de tão óbvia a maioria das pessoas se esquece de que é uma boa opção para o cardápio das crianças ainda em introdução alimentar à vida adulta: MILHO COZIDO.

milho 1

Sim, simples, fácil de preparar, ótimo para transportar, super nutritivo e delicioso.

Classificado como cereal, o milho trás em sua composição carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas A e do complexo B, cálcio, ferro, fósforo e amido. É uma excelente opção para um lanche da tarde, substituindo o famoso pão francês.

A partir de quando oferecer? Após os 6 meses, quando se inicia a introdução alimentar, uma espiga de milho cozido já será uma ótima pedida.

Sim, aos seis meses, é bem provável que o bebê não entenda que milho se come. Ele vai manusear a espiga, esfregá-la na mesa, passar na cabeça, jogar no chão… mas se houver um adulto perto comendo outra espiga de milho ele pode se interessar e arriscar umas lambidas. Se tiver os 4 dentinhos da frente, pode arriscar umas mordiscadas. Não se iluda, nessa idade o bebê não vai triturar um pedaço de espiga de milho, mas a introdução alimentar não é apenas para nutrir, é também para que o bebê descubra novas texturas e sabores.

Se você só de ler se desesperou pensando na possibilidade do bebê engasgar com esse milho oferecido na espiga, respire fundo e aguente um pouco mais, em breve teremos um post falando sobre BLW, que é um método antigo de introdução alimentar, usado pelas nossas avós, que agora ganhou nome gringo e fama de inovação.

SUGESTÃO – não ofereça milho em grãos para bebês pequenos que não possuem o movimento de pinça. No início da introdução alimentar, é melhor oferecer alimentos em tamanhos maiores, possíveis de serem pegos com o movimento de garra, que é o que um bebê de 6/7 meses já consegue executar. Oferecer os grãos deixará o bebê frustrado e nervoso.

Aqui em casa o mérito da apresentação desse cereal delicioso é todo do vovô Salviano, consumidor apaixonado do milho e adepto dele como ingrediente em suas receitinhas.

Dos 6 aos 10/11 meses espiga de milho era sinônimo de concentração e brincadeira, mas pouca coisa ia pra barriga. Lá pelas tantas Filipe descobriu que milho se comia e aí apaixonou-se. Hoje, aos 20 meses, sua capacidade de manipular a espiga está super desenvolvida e, quando fica cansado de segurá-la ele sempre arruma uma saída.

milho 3 milho 2

Milho cozido já me salvou em viagens onde a comida não era apropriada pra crianças e é um excelente lanchinho da tarde pra transportar sem precisar se preocupar com refrigeração. Basta cozer, secar com papel toalha e embrulhar individualmente com papel alumínio. Tá pronto.

Eu ainda ofereço pra Filipe sem sal e sem manteiga, só o milho verde cozido, estralando na boca a cada mordida.

E pra celebrar esse alimento que é tão significativo na nossa cultura, aproveito para anunciar a estréia do nosso Canal de vídeos. Faça-nos uma visita, delicie-se com o vídeo de estréia e inscreva-se para ficar por dentro das novas publicações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s