Devocional de Natal 2019

Para quem deseja baixar o arquivo – link direto para download aqui No passo dos meninos – Devocional de Natal 2019

Se não deseja imprimir, pode acompanhar direto daqui do blog, o texto tá na íntegra.

DEVOCIONAL DE NATAL + CALENDÁRIO DO ADVENTO – 2019

Antes de descrever as atividades do Devocional e do Advento, quero compartilhar com você um pouco do meu caminho até a produção desse material.

Minha família sempre comemorou o Natal com ceia farta, parentela reunida ao redor dos meus avós (cerca de 50 pessoas), presentes, papai Noel e todo o pacote. Nós esperávamos por essa festa e aproveitávamos cada segundo da farra.

Então veio a adolescência, a falta de motivação e o Natal perdeu o brilho. Meu avô morreu, paramos de ir e o Natal se reduziu a um jantar simples seguido de cama. Casei-me e levei no automático. Viajava na data, comia sanduíche de hotel na ceia ou nem isso.

Vieram os meninos e, com eles, a necessidade de se explicar o que era o Natal para nós. Foi quando percebi que meu Natal tinha morrido e figurava apenas como mais um feriado no calendário.

Em 2016, fiz um calendário do Advento com atividades bem simples e memorização de dois versículos bíblicos pois Filipe tinha 3 anos e João 1. Não seguimos todas as atividades, mas foi gostoso criar a expectativa da data. Em paralelo ao calendário dos meninos, acompanhei o devocional para adultos Faces around the manger, de Ray Pritchard. Oh céus! Voltei a vibrar com a festa, mas agora pelos motivos certos. Cada detalhe da narrativa bíblica me fazia louvar a Deus por tão grande amor demonstrado por nós.

Era esse tipo de Natal que queria que meus meninos levassem para a vida! Com isso em mente, produzi o devocional de Natal de 2017, com referências bíblicas e aplicações. Foi maravilhoso passar 25 dias meditando sobre o amor de Deus e como Ele cuidou de cada detalhe para que o Salvador viesse ao mundo.

Em 2018 pude aprofundar nos textos, fazendo a leitura direto da bíblia e, mais uma vez, vi os olhinhos das crianças brilharem a cada capítulo lido e a expectativa por celebrar o nascimento de Jesus aumentar dia após dia. Não foi difícil para os meninos resistir à ideia mundana de papai Noel, uma vez que nosso Natal estava alicerçado em Jesus.

Vejo muitas famílias cristãs na mesma condição em que eu estive por muitos anos. Com o discurso de que Natal é todo dia, acabam não comemorando dia nenhum e perdendo a oportunidade de plantar no coração dos filhos a semente da palavra.

Aqui ,enfeitamos a casa nos aniversários com balões, flores, cartazes. Oferecemos café na cama, fazemos bolo, cantamos parabéns, oramos. Nada mais natural que celebrar o aniversário daquele que nos une. Sim, decoramos nossa casa, pensamos nos detalhes da ceia, servimos ao próximo, espalhamos amor, relembramos a história e nos alegramos com tudo.

Enquanto os meninos aprendem a crer, nós adultos, voltamos a acreditar! Venha conosco, já é quase Natal!

“Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Ele estenderá o seu domínio, e haverá paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, estabelecido e mantido com justiça e retidão, desde agora e para sempre. O zelo do Senhor dos Exércitos fará isso.” Isaías 9:6,7
Ívina Salviano

 

Ps – quer um devocional para adultos? Aqui vão sugestões

Se você lê em inglês, procure pelos devocionais do Advento de Ray Pritchard na Amazon. Vários e-books são gratuitos.

Em português, indico o Santa Semente, também gratuito e publicado pelo @benditas.blog

COMO USAR O DEVOCIONAL DE NATAL

Para cada um dos 25 dias de dezembro, do dia 1º até o Natal, há sugestão de um texto bíblico, um ensino e uma atividade.

Texto bíblico – Aqui em casa usamos a tradução da Nova Versão Internacional para leitura com as crianças por ser uma linguagem mais simples de se entender. Encorajo-te a ler o texto diretamente da Bíblia mas, caso não disponha dessa tradução, deixo transcritos os versículos de cada dia.

Se suas crianças não forem alfabetizadas, leia o texto e converse sobre o que se pode entender. Caso já saibam ler, revezem nessa tarefa.

Estabeleça um horário para realizar esse devocional e se esforce para segui-lo. Aqui em casa tem sido durante o café da manhã. Fazemos os devocionais no café da manhã e as atividades de tardinha ou no horário mais conveniente para a programação do dia.

Ensino – Para cada dia, uma reflexão a partir da leitura. Elas são bem simples, pensadas para crianças pré-escolares por isso, fique à vontade para aprofundar na meditação em sua casa levando em conta a capacidade reflexiva e a idade dos seus filhos. Em alguns dias, o ensino é apenas uma provocação para a meditação, sem demandar respostas ou posicionamentos, apenas um gatilho para que meditemos na palavra de Deus.

Oração – Sugiro que após cada meditação vocês façam juntos uma oração espontânea agradecendo a Deus pelo que foi aprendido e pedindo a Ele sabedoria e encorajamento para colocar em prática as verdades bíblicas. Estimule seus filhos a orarem. Não é preciso palavras especiais, apenas fechar os olhos e falar com Deus.

Atividade – Algumas atividades fazem relação com o texto bíblico e o ensino do dia, outras não. São apenas sugestões de coisas para se fazer em família ligadas ao Natal. Sinta-se livre para modificá-las e adaptá-las à sua cultura familiar e também à sua disponibilidade de tempo para aquelas que demandem maior participação dos adultos. Esse ano, contamos com dicas valiosas da Jaqueline Aguilar, do @brincamamae para famílias que curtem atividades mais manuais. Uma excelente pedida para o período de férias das crianças. Aproveito para indicar o perfil no Instagram que trás muitas sugestões para vivências com os pequenos.

Sugiro que, após definir quais atividades fará, faça uma lista dos materiais necessários e os providencie com antecedência, evitando entrar em apuros ao propor uma atividade para a qual não se tem material.

 

COMO APRESENTAR O CALENDÁRIO?

A ideia do calendário é oferecer às crianças uma forma de acompanhar os dias que faltam para a celebração do Natal. Ele deve ficar acessível e, no horário determinado, as crianças descobrem qual é a atividade do dia. Além dessa possibilidade de apreender o tempo, acompanhar calendário cria uma expectativa muito gostosa da chegada do grande dia: o aniversário de Jesus!

A internet está cheia de sugestões de calendários do advento, das mais simples às mais elaboradas. Em 2016 nosso calendário foi feito com envelopes pendurados na sapateira:

Em 2017 e 2018 usei esse mesmo cartaz com dobraduras:

20191125_171833Esse ano comprei essa caixinha de madeira. A ideia é colocar um docinho por criança dentro de cada portinha. Os docinhos serão um agrado para depois da atividade.

Use sua imaginação! Envelopes comuns, caixas de papel, rolos de papel higiênico… o céu é o limite e o Google e o Pintrest são as inspirações! Para cada dia, uma atividade.

E então, mãos à obra?

 

 

 

Tabela de distribuição de atividades por dia + material necessário

tabela 2019

 

1º de dezembro – Domingo – Luz do mundo

Leia ou narre: Isaías 9:2 e 7

“O povo que caminhava em trevas viu uma grande luz; sobre os que viviam na terra da sombra da morte raiou uma luz. […]
Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.” Isaías 9:2 e 7

 

Ensino: antes do nascimento de Jesus, o mundo estava em trevas. Não que fosse escuro, sem lamparinas ou tochas, mas as pessoas tinham escuridão dentro de si. O pecado trouxe escuridão para dentro dos corações. Se tentarmos andar no escuro, podemos trombar ou até mesmo cair. A mesma coisa se a escuridão estiver em nossos corações: não conseguiremos viver em paz e com alegria. Deus queria que vivêssemos sem medo, por isso enviou luz para o mundo: Jesus, o bebê que nasceu no Natal!

Atividade: entrem dentro do armário ou num quarto com blackout na janela levando uma lanterna. Desliguem a lanterna e experimentem a escuridão total. Liguem a lanterna e observem como um pequeno facho de luz é capaz de clarear a escuridão. Pense em quão brilhante Jesus é para trazer luz ao mundo.

Material necessário: uma lanterna e um local para experimentar escuridão (armário ou quarto com blackout na janela)

Atividade 2: Em um ambiente escuro, utilizando as mãos, uma lanterna e muita criatividade, reproduza sombras de animais na parede (sugestões em https://www.youtube.com/watch?v=Gx7nw5QC0zQ) ou projete sombras na parede usando objetos comuns e peça à criança que tente descobrir a que objeto pertence a sombra (coloque a criança à sua frente e de costas para você). Enquanto brincam, conversem sobre as funções da luz e relacione ao ensino do dia.

 

2 de dezembro – Segunda-feira – Rei para sempre

Leia ou narre: Isaías 9:6,7

“Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.
Ele estenderá o seu domínio, e haverá paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, estabelecido e mantido com justiça e retidão, desde agora e para sempre. O zelo do Senhor dos Exércitos fará isso.” Isaías 9:6,7

 

Ensino: A profecia de Isaías dizia que Jesus viria como um rei e que seu reinado duraria para sempre! Ele não veio apenas para viver alguns anos na terra, mas para habitar em nossos corações nessa vida e junto conosco por toda a eternidade. O nascimento de Jesus comemorado no Natal marca o reinado desse Rei, que é Maravilhoso Conselheiro, Deus poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz!

Atividade: Decore a sua casa para o Natal. Quer sua família monte ou não uma árvore, decore sua casa para lembrar-lhes que o Natal se aproxima. Use enfeites comprados, faça cartazes com as crianças, imprima ilustrações para colorir, use luzes nas janelas. A ideia é celebrar a data trazendo à memória o nascimento do nosso Salvador, aquele que reina para sempre sobre o universo e também sobre a nossa casa.

Atividade 2:  Confecção de anjinhos para decorar – https://www.tempojunto.com/2018/12/05/lembrancinha-de-natal-feita-pelas-criancas-cheia-de-carinho-angelical/

 

3 de dezembro – Terça-feira – Zacarias

Leia ou narre: Lucas 1: 18-25

 ““Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.
E eram ambos justos perante Deus, andando sem repreensão em todos os mandamentos e preceitos do Senhor. E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade.
E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma, segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso.
E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso. E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso. E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele. Mas o anjo lhe disse:
– Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento, porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe. E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus, E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto.
Disse então Zacarias ao anjo:
– Como saberei isto? Pois eu já sou velho, e minha mulher avançada em idade.
E, respondendo o anjo, disse-lhe:
– Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas. E eis que ficarás mudo, e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir.
E o povo estava esperando a Zacarias, e maravilhava-se de que tanto se demorasse no templo. E, saindo ele, não lhes podia falar; e entenderam que tinha tido uma visão no templo. E falava por acenos, e ficou mudo.
E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa. E, depois daqueles dias, Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo:
– Assim me fez o Senhor, nos dias em que atentou em mim, para destruir a minha vergonha entre os homens.”

 

Ensino: Zacarias recebeu a visita do anjo Gabriel. O anjo dizia que ele e sua esposa Isabel seriam pais de um bebê. Zacarias não acreditou no que o anjo disse. Ele não conseguia entender como sua esposa poderia engravidar sendo já tão velha. O que Gabriel fez a Zacarias por não acreditar no milagre que Deus faria? Zacarias ficou mudo até o bebê nascer. Essa história nos ensina a acreditar nas coisas que Deus diz, mesmo que elas pareçam inacreditáveis!

Atividade: Vejam juntos fotos de natais anteriores. Conte sobre os mais marcantes e, se a criança já tiver idade, peça que relate o que mais gostou.

Material necessário: Fotos de natais anteriores – não precisam ser impressas, mas precisam estar numa pasta fácil de localizar no computador ou telefone.

 

4 de dezembro – Quarta-feira – O anjo mensageiro

Leia ou narre: Lucas 1: 26-38

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse:
– Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo:
– Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
E disse Maria ao anjo:
– Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
E, respondendo o anjo, disse-lhe:
– Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril; porque para Deus nada é impossível.
Disse então Maria:
– Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.”

 

Ensino: Ontem vimos que o anjo Gabriel visitou Zacarias para dizer que ele e sua esposa Isabel teriam um bebê. Na passagem de hoje, Gabriel novamente vem trazer a notícia de um nascimento. Dessa vez a Maria. Zacarias não acreditou na mensagem do anjo e Maria, acreditou? Se um anjo lhe aparecesse hoje, você o escutaria e faria o que ele dissesse? Você seria como Zacarias que não acreditou? Ou como Maria acreditando?

Atividade: Ler uma história de Natal – sugestão O primeiro presente de Natal do aplicativo O App da Bíblia para Crianças – link nas referências do devocional.

Material necessário: um livro sobre o Natal ou o aplicativo sugerido instalado no seu aparelho.

 

5 de dezembro – Quinta-feira – Crendo no mensageiro

Leia ou narre: Lucas 1: 26-38

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse:
– Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo:
– Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
E disse Maria ao anjo:
– Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
E, respondendo o anjo, disse-lhe:
– Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril; porque para Deus nada é impossível.
Disse então Maria:
– Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.”

 

Ensino: Maria era uma jovem moça prometida em casamento que certamente se assustou com a notícia trazida pelo anjo: de que seria a mãe do Filho de Deus! Mesmo sem entender, Maria aceitou a missão. Ela disse a Gabriel que era serva do Senhor (v.25). Como você, sendo criança (adolescente), pode servir a Deus e à sua família?

Atividade: Converse com pessoas mais velhas (avó e avô) e peça que contem como era o Natal quando eram pequenos.

Material necessário: Presença física ou virtual de uma pessoa mais velha

 

6 de dezembro – Sexta-feira – Maria e Isabel

Leia ou narre: Lucas 1: 38-45

“Disse então Maria:
– Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra.
E o anjo ausentou-se dela. E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá, e entrou em casa de Zacarias, e saudou a Isabel.
E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse:
– Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.
Mas por que sou tão agraciada, a ponto de me visitar a mãe do meu Senhor?
Logo que a sua saudação chegou aos meus ouvidos, o bebê que está em meu ventre agitou-se de alegria.
Feliz é aquela que creu que se cumprirá aquilo que o Senhor lhe disse! “

 

Ensino: Maria e Isabel eram parentes e ambas teriam bebês especiais de Deus! O que o bebê de Isabel fez quando Maria entrou na casa deles? Ele pulou de alegria dentro da barriga da mãe! Isabel ficou muito feliz em ver Maria grávida porque sabia que ela carregava o Filho de Deus (v. 43). Penso que elas devem ter contato uma à outra sobre o que anjo dissera a respeito daqueles bebês: João e Jesus.

Atividade: mostre uma foto sua na gestação. Conte sobre o que sentiu quando soube que teria um bebê, o que planejou para ele.

Material necessário: foto da mãe durante a gestação. Vídeos e ultrassom, se tiver.

7 de dezembro – Sábado – O cântico de Maria

Leia ou narre: Lucas 1:46-56

“Então disse Maria: ‘Minha alma engrandece ao Senhor
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
pois atentou para a humildade da sua serva. De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
pois o Poderoso fez grandes coisas em meu favor; santo é o seu nome.
A sua misericórdia estende-se aos que o temem, de geração em geração.
Ele realizou poderosos feitos com seu braço; dispersou os que são soberbos no mais íntimo do coração.
Derrubou governantes dos seus tronos, mas exaltou os humildes.
Encheu de coisas boas os famintos, mas despediu de mãos vazias os ricos.
Ajudou a seu servo Israel, lembrando-se da sua misericórdia
para com Abraão e seus descendentes para sempre, como dissera aos nossos antepassados’.
Maria ficou com Isabel cerca de três meses e depois voltou para casa”

 

Ensino: Maria estava tão feliz na casa de sua parente Isabel! As mensagens do anjo que elas compartilharam lhe trouxeram ainda mais certeza de que estavam servindo a Deus. E foi essa certeza que levou Maria a cantar. Em seu cântico, ela louvou a Deus por toda sua bondade e poder. Nós também podemos louvar ao Senhor por todas as suas qualidades e por tudo o que faz em nossas vidas. Se você fosse compor uma canção de louvor a Deus, o que agradeceria a Ele?

Atividade: sair para ver a decoração de Natal da cidade. Enquanto contemplam, orem pelas pessoas que decoraram e por aquelas que estão vendo para que enxerguem, para além dos enfeites, a verdadeira história do Natal.

Material necessário: condução para o passeio

 

8 de dezembro – Domingo – José, um bom exemplo

Leia ou narre: Mateus 1:18-25

“Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim:
Que estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo.
Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente.
E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo:
– José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; e dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.
Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.
E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.”

 

Ensino: Essa parte da escritura nos diz que José era um homem justo. Isso significa que ele amava a Deus e obedeceu a Sua Palavra. Deus escolheu pais justos para Jesus para que eles pudessem ser um bom exemplo para ele. Como você acha que José se sentiu quando descobriu que ele seria o pai terreno para Jesus?

Atividade: Separe roupas e brinquedos para doação. Ensine a criança a dar o melhor e não apenas o que está estragado. Se possível, marquem para entregar as doações em alguma instituição.

Material necessário: nenhum

 

9 de dezembro – Segunda-feira – Sonhos

Leia ou narre: Mateus 1:18-25

“Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim:
Que estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo.
Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente.
E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo:
– José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; e dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.
Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.
E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.”

 

Ensino: Deus também pode nos visitar quando sonhamos. Ele nos fala pela sua palavra e também envia seus anjos. Fale sobre outra história da Bíblia em que Deus falou com as pessoas em um sonho (Jacó – Gênesis 28:11 a 16; José do Egito Gênesis 37:5 a 11, 40:5 a 23, 41:1 a 37; – Daniel – Daniel 2 e 4, entre outras passagens bíblicas). Veja, não é necessário ler as passagens para as crianças, mas pode-se contar resumidamente alguma história bíblica em que Deus falou através de sonhos. José foi rápido em obedecer, assim como Maria. Eles são também nosso exemplo!

Atividade: Assistir a ao vídeo “O primeiro Natal” – procure no YouTube por O primeiro Natal, publicado pelo canal Voa Flor. Nas referências deixo o link. Sugestão para quem tem mais tempo: assistir também ao filme A estrela de Belém. Priorize histórias que enfatizem Jesus e não o papai Noel. Lembre-se, estamos resgatando o Natal!

Material necessário: Um aparelho para reproduzir o vídeo (tablet, celular, computador, TV, etc)

10 de dezembro – Terça-feira – Censo

Leia ou narre: Lucas 2: 1-5

“E aconteceu naqueles dias que saiu um decreto da parte de César Augusto, para que todo o mundo se alistasse (este primeiro alistamento foi feito sendo Quirino presidente da Síria).
E todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade. E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.”

 

Ensino: A lei decretada pelo governador dizia que todos tinham que viajar para sua cidade natal a fim de que a população fosse contada. Todas as cidades estavam cheias de viajantes e visitantes. Maria e José eram apenas duas pequenas pessoas em meio a uma multidão, mas ainda assim eram pessoas importantes para Deus. Mesmo você sendo pequeno, Deus te enxerga no meio de todos e se importa contigo.

Atividade: Use a atividade para a ministrar o ensino acima. Coloque dois grãos de feijão dentro de um potinho transparente cheio de arroz e tampe. Balance bem e depois tente, sem destampar, encontrar os grãozinhos de feijão. Conversem sobre o amor e cuidado de Deus que enxerga, nos ama e cuida de nós em meio a toda humanidade.

Material necessário: pote pequeno transparente com tampa, arroz suficiente para encher o pote, dois grãos de feijão.

Atividade 2: Utilizando o mapa da Bíblia (ou algum outro mapa bíblico na internet) refaçam com os dedinhos (ou um cavalinho de brinquedo) o caminho percorrido por Maria e José, desde a anunciação ao nascimento. Conversem sobre longas viagens, sistema de transporte da época. Se desejar ampliar a atividade, compare a distância percorrida pelo casal da bíblia com distâncias dentro do estado em que sua família reside.

11 de dezembro – Quarta-feira – Estábulo

Leia ou narre: Lucas 2: 6-7

“E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.”

 

Ensino: conversem sobre o por que Jesus, sendo rei, nasceu em um estábulo sujo. Por que ele não nasceu em um palácio? O Filho de Deus veio reinar de uma forma diferente, não com riquezas materiais, mas com amor e humildade, nos ensinando que as coisas mais importantes estavam ali, naquele estábulo: uma família temente a Deus e unida em obediência aos propósitos dEle.

Atividade: Monte uma cabana usando lençol e entre com a criança dentro. Imaginem que ali é um estábulo, cheio de feno no chão e de animais. Imitem os barulhos de cada animal que poderia estar ali.

Material necessário: Lençol, almofadas para a manjedoura, bichos de brinquedo (se tiver).

12 de dezembro – Quinta-feira – Emanuel

Leia ou narre: Isaías 9: 6 e Mateus 1: 21-23

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” Isaías 9:6
“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.
Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.” Mateus 1:21-23

 

Ensino: Apresentar ao seu filho os nomes de Jesus e explicar que o significado de Emanuel é “Deus conosco“. O nascimento de Jesus trouxe para nós a possibilidade de ter Deus junto conosco todos os dias!

Atividade: Converse com a criança sobre a escolha do nome dela. Conte porque ela tem o nome que tem e, caso saiba, explique o significado, seja ele semântico ou não. Por exemplo: meu Filipe se chama Filipe não por causa do significado do nome – aquele que ama cavalos – mas por causa do Filipe da Bíblia, discípulo de Jesus.

Material necessário: Caso não saiba, pesquise na internet o significado do nome de seu filho.

Atividade 2: Depois de contar a história do nome da criança, peça-a que ilustre em um papel.

 

13 de dezembro – Sexta-feira – Envolto em panos

Leia ou narre: Lucas 2: 6-7

“E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz.
E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.”

 

Ensino: Discuta o que significa o nascimento de um novo bebê e como Maria fez seu o melhor para mantê-lo quente, limpo e seguro em um ambiente sujo. Fale sobre o amor de uma mãe por seu filho.

Atividade: Criem uma manjedoura com os recursos que tiver em casa: palha ou lençóis enroladinhos. Use algum boneco e embrulhe-o com tecido imitando Maria aquecendo o bebê Jesus. Enquanto brincam, conversem sobre a manjedoura como alusão ao nosso coração sendo preparado para receber Jesus.

Material necessário: Material para a manjedoura, um boneco e panos para embrulhá-lo.

 

14 de dezembro – Sábado – O bom pastor

Leia ou narre: Lucas 2: 8

“Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho.”

 

Ensino: Discutir o que seria ficar acordado a noite toda observando as ovelhas para mantê-las a salvo do perigo. O que você acha que o trabalho de um pastor envolve? Você sabia que Jesus é considerado o “Bom Pastor” de Sua ovelha (nós)? Leia João 10:11 – “Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.”

Atividade: Fazer biscoitos decorados. Você pode fazer e deixar as crianças apenas decorarem usando glacê real ou pasta americana, ou pode incluí-los desde o início, a depender da sua disposição e da idade delas. Embale e guarde biscoitos para a atividade do dia 16. Link com receita e passo a passo.

Material necessário: ingredientes da receita de biscoito, cortadores (se não tiver nenhum, compre cortador de estrela, que é super fácil de encontrar), material para decoração, saquinhos transparentes.

 

15 de dezembro – Domingo – Glória a Deus nas alturas!

Leia ou narre: Lucas 2: 9-14

“E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor. E o anjo lhes disse:
– Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura.
E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo:
– Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa vontade para com os homens.”

 

Ensino: Ouça a música, “Cristo nasceu em Belém” de Aline Barros ou “Din don din” de autoria desconhecida. Discuta com a criança o quão majestoso o céu noturno escuro deve ter parecido quando se iluminou com todos aqueles anjos bonitos cantando com suas vozes fortes. Cantem a música juntos com vozes fortes.

Atividade: Ouça a música escolhida. Sugestão para busca no YouTube. Procure por:

Cristo nasceu em Belém no canal Nassaildes Junior ou Din don din CD Cantai é Natal no canal Ana Cláudia – deixo os links nas referências.

Material necessário: música para tocar

Atividade 2: divirtam-se interpretando repórteres dando a notícia do nascimento do Salvador na TV, no rádio, no jornal impresso (varie conforme a capacidade das crianças). Confeccione uma TV de papelão, daquelas em que a criança se apresenta por dentro da caixa.

 

16 de dezembro – Segunda-feira – Adore ao Rei

Leia ou narre: Lucas 2: 15-20

“E aconteceu que, ausentando-se deles os anjos para o céu, disseram os pastores uns aos outros:
– Vamos, pois, até Belém, e vejamos isso que aconteceu, e que o Senhor nos fez saber.
E foram apressadamente, e acharam Maria, e José, e o menino deitado na manjedoura. E, vendo-o, divulgaram a palavra que acerca do menino lhes fora dita; e todos os que a ouviram se maravilharam do que os pastores lhes diziam. Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração.
E voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito.”

 

Ensino: O que você acha que os pastores estavam pensando quando visitaram o bebê Jesus? O que fez com que eles ficassem tão animados a ponto de querer contar a todos sobre sua visita ao bebê Rei? Depois de ver Jesus, os pastores espalharam a notícia do que tinham visto e começaram a louvar a Deus.

Atividade: Encoraje seu filho a presentear pessoas próximas com os biscoitos decorados, especialmente aquelas que servem à sua família, como a balconista da padaria, o caixa do supermercado, o carteiro, o coletor de lixo, o motorista do ônibus. Se possível, peça que conte o que tem aprendido sobre o nascimento de Jesus. Depois de fazê-lo, adorem a Deus como os pastores.

Material necessário: biscoitos – caso não tenha feito a atividade dos biscoitos, você pode comprar lembrancinhas simples ou fazer qualquer outro agrado.

 

17 de dezembro – Terça-feira – Guardar no coração

Leia ou narre: Lucas 2:19

“Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração.”

 

Ensino: Maria guardava essas coisas em seu coração – O que você acha que Maria estava “ponderando” ou pensava profundamente em seu coração? O que significa pensar em seu coração? No coração guardamos as coisas mais importantes!

Atividade: Faça cartões de natal em formato de coração ou em outro formato e dê de presente para seus amigos.

Material necessário: Papéis, canetinhas, material de decoração, tesoura.

 

18 de dezembro – Quarta-feira – Dedicado ao Senhor

Leia ou narre: Lucas 2: 22-33

“E, cumprindo-se os dias da purificação dela, segundo a lei de Moisés, o levaram a Jerusalém, para o apresentarem ao Senhor (Segundo o que está escrito na lei do Senhor: Todo o macho primogênito será consagrado ao Senhor); e para darem a oferta segundo o disposto na lei do Senhor: Um par de rolas ou dois pombinhos.
Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. E fora-lhe revelado, pelo Espírito Santo, que ele não morreria antes de ter visto o Cristo do Senhor. E pelo Espírito foi ao templo e, quando os pais trouxeram o menino Jesus, para com ele procederem segundo o uso da lei, ele, então, o tomou em seus braços, e louvou a Deus, e disse:
– Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra; pois já os meus olhos viram a tua salvação, a qual tu preparaste perante a face de todos os povos; luz para iluminar as nações, e para glória de teu povo Israel.
E José, e sua mãe, se maravilharam das coisas que dele se diziam.”

 

Ensino: Quando Jesus tinha 8 dias de vida, seus pais o levaram ao templo para que que fosse dedicado ao

Senhor. Enquanto eles estavam lá, Simeão se aproximou e reconheceu Jesus como o Filho de Deus.

Hoje também apresentamos as crianças a Deus. Conversem sobre o dia em que seu filho foi dedicado/consagrado. Contem como é a cerimônia na sua igreja. Mostre fotos e fale sobre esse momento especial.

Atividade: ver fotos da apresentação, dedicação da criança a Deus.

Material necessário: fotos

 

19 de dezembro – Quinta-feira – Estrela

Leia ou narre: Mateus 2: 1-2, 9-10

“E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, dizendo: – Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.” Mateus 2:1,2
“E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, regozijaram-se muito com grande alegria.” Mateus 2:9,10

 

Ensino: Como você acha que era a estrela celestial? Era diferente de todas as outras estrelas no céu? Jesus prometeu guiar nosso caminho e enviou uma bela estrela para guiar o caminho dos homens sábios. Leia – Isaías 30:21 – “E os teus ouvidos ouvirão a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele, sem vos desviardes nem para a direita nem para a esquerda.”

Atividade: Se o tempo permitir, saia para fora de casa à noite e tente ver as estrelas no céu.

Material necessário: nenhum

Atividade 2: Criar uma luminária de estrelas ou pintar o céu noturno em uma cartolina preta: estrelas, lua, nuvens usando tinta guache fluorescente ou com brilho.

 

20 de dezembro – Sexta-feira – Homens sábios

Leia ou narre: Mateus 2:1-12

“Depois que Jesus nasceu em Belém da Judéia, nos dias do rei Herodes, magos vindos do Oriente chegaram a Jerusalém
e perguntaram: “Onde está o recém-nascido rei dos judeus? Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo”.
Quando o rei Herodes ouviu isso, ficou perturbado, e com ele toda a Jerusalém.
Tendo reunido todos os chefes dos sacerdotes do povo e os mestres da lei, perguntou-lhes onde deveria nascer o Cristo.
E eles responderam: “Em Belém da Judéia; pois assim escreveu o profeta:
‘Mas tu, Belém, da terra de Judá, de forma alguma és a menor entre as principais cidades de Judá; pois de ti virá o líder que, como pastor, conduzirá Israel, o meu povo’ “.
Então Herodes chamou os magos secretamente e informou-se com eles a respeito do tempo exato em que a estrela tinha aparecido.
Enviou-os a Belém e disse: “Vão informar-se com exatidão sobre o menino. Logo que o encontrarem, avisem-me, para que eu também vá adorá-lo”.
Depois de ouvirem o rei, eles seguiram o seu caminho, e a estrela que tinham visto no Oriente foi adiante deles, até que finalmente parou sobre o lugar onde estava o menino.
Quando tornaram a ver a estrela, encheram-se de júbilo.
Ao entrarem na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram. Então abriram os seus tesouros e lhe deram presentes: ouro, incenso e mirra.
E, tendo sido advertidos em sonho para não voltarem a Herodes, retornaram a sua terra por outro caminho.

 

Ensino: A Bíblia não nos diz que havia apenas três homens sábios. Só que havia três presentes. Independentemente de quantos estavam lá, sabemos que eles estavam em uma longa jornada para encontrar Jesus. Imagine não saber para onde você está indo e seguir uma estrela, só para poder encontrar um bebezinho. A dedicação desses homens em procurar Jesus mostra como é incrível que o Filho de Deus tenha vindo à terra como um bebê para nós! Observem também que quando os sábios encontraram Jesus, ele estava numa casa, e não mais no estábulo, com os animais.

Atividade: Recriar e reviver uma viagem especial feita pela família. Desenhar paisagens vistas, remontar esse local com os próprios brinquedos, fazer as malas e viajar na brincadeira ou ainda, imaginar que são os sábios do oriente arrumando as malas para uma longa viagem de camelos.

Material necessário: Acessórios de viagem, malas. Se for usar a ideia dos sábios, tecidos com brilho para fazer as fantasias, almofadas para serem camelos…

 

21 de dezembro – Sábado – Presentes para o Rei

Leia ou narre: Mateus 2:11

“E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.”

 

Ensino: Os sábios trouxeram presentes preciosos a Jesus. Um era o ouro que nos lembra que Jesus é rei! O segundo presente foi incenso, uma espécie de perfume. O terceiro foi mirra, uma especiaria usada para fazer óleos curativos e perfumes adoráveis. Os sábios acreditavam que Jesus era o Rei, mesmo sendo apenas um bebê.

Jesus não está mais entre nós de carne e osso, mas está no céu. O que podemos oferecer a Ele como presente?

Fale sobre que tipo de presente você pode dar a Jesus neste Natal. Obedecer seus pais? Dar um presente para alguém necessitado? Deixar seu irmão brincar com seus brinquedos?

Atividade: Assistir a um espetáculo de Natal.

Material necessário: Pesquise com antecedência. Várias igrejas e paróquias tem peças teatrais, cantatas e programações específicas nessa época do ano.

 

22 de dezembro – Domingo – Fuga para o Egito

Leia ou narre: Mateus 2: 13-15

“E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho, dizendo:
– Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.
E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito. E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.”

 

Ensino: O anjo avisa José em sonho para fugir do Rei Herodes rumo ao Egito – Você acha que Deus irá mostrar-lhe o caminho a seguir quando estiver em perigo? Você acredita que Deus pode cuidar de você? Você consegue se lembrar de um momento em que Deus o protegeu do perigo?

Atividade: Interpretem o anjo visitando José e depois a família fugindo no pequeno burro para o Egito. Façam uma cabana com lençóis simulando um acampamento durante a viagem, ou, se dispuser de tempo, prepare algumas comidas típicas para experimentarem na noite da fuga: azeitonas, pão árabe, lentilhas cozidas, uvas, suco de uva, frutas secas (damasco, uva passa, tâmara). Estenda uma toalha no chão e jantem sem usar talheres, imitando o costume da época. Se não dispuser de tempo, não desanime. Sirva pão, suco de uva, azeitonas e uva passa. O importante é brincar. Enquanto jantam, pensem sobre o que José e Maria devem ter conversado nessa fuga. Sentiram medo? Confiaram?

Material necessário: tecidos para a cabana e roupas típicas, toalha para jantar, comidinhas.

 

23 de dezembro – Segunda-feira – E o menino crescia

Leia ou narre: Lucas 2:40, 52

“E o menino crescia, e se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele.” Lucas 2:40
“E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens.” Lucas 2:52

 

Ensino: Jesus crescia em três aspectos: no corpo, na alma e no espírito. Os versículos nos mostram que ele se desenvolveu como qualquer menino. Você pode crescer em tamanho comendo e dormindo bem. Isso te fará forte.

Jesus também crescia em sabedoria, ou seja, conhecimento. Ele aprendia sobre as coisas do mundo. Certamente aprendeu com seu pai, José, o ofício de carpinteiro. Você também pode crescer em sabedoria aprendendo coisas, indo à escola.

E por fim, Jesus crescia em espírito, na graça de Deus. Podemos crescer espiritualmente à medida em que conhecemos a palavra de Deus, oramos e falamos do amor dEle para outras pessoas.

Atividade: Montar um presépio conforme anexo. O presépio do anexo é uma adaptação do desenho Nativity Scene, de Joel Henriques. Nas referências você encontra o link para o blog desse artista fantástico. Optei pela adaptação porque no registro bíblico os magos do oriente visitam Jesus em casa e não no estábulo (Mateus 2:11). Dessa forma, retirei os magos e o camelo da cena.

Material necessário: folha impressa, canetas hidrocor ou lápis de cor, tesoura.

presépio

 

24 de dezembro – Terça-feira – Vida eterna!

Leia ou narre: Filipenses 2:6-8

 “[Jesus] embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se;
mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.
E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz!”

 

Ensino: Jesus nasceu como todo mundo, um bebezinho. Mas ele não foi bebê para sempre. Ele cresceu para ser um homem e acabou sendo morto em uma cruz. A Bíblia nos diz neste verso que Ele humilhou-se e tornou-se obediente à morte na cruz.

Por que ele teve que morrer em uma cruz? Pelo nosso pecado. A Bíblia diz que Ele levou todos os nossos pecados e doenças na cruz com Ele para que não tivéssemos mais que carregá-los. Ele nos tornou puros aos olhos de Deus para que pudéssemos ter um relacionamento com o Pai.

Depois de morto, Jesus ressuscitou, vencendo a morte e a sepultura. (Veja Romanos 6:23, Isaías 53: 4-6, Isaías 43:25,

Apocalipse 1:18)

É sobre isso que o Natal é: Jesus nos amou o suficiente para vir à Terra e morrer em nosso lugar. O nascimento de Jesus é uma celebração e uma lembrança do que Ele faria por nós na cruz.

Orem juntos e agradeçam a Jesus por vir à Terra como um bebê com um objetivo em mente – morrer pelos nossos pecados e depois voltar à vida para estar conosco para sempre!

Atividade: Se sua família tem o costume de se reunir na véspera do Natal, aproveite a oportunidade para as crianças encenarem a história do nascimento de Jesus e contar aos convidados o que aprenderam nesses dias de devocional.

Material necessário: cabana, bichos de brinquedo, o burrinho, bonecos, tecidos para simular as roupas.

Atividade 2: Usando pau de canela, cola quente e barbante ou corda de juta, faça crucifixos. Corte o pau de canela com uma serrinha, cole com cola quente e reforce amarrando o barbante. Use na decoração da mesa de Natal. Enquanto produzem, conversem sobre o sentido do Natal só ser completo quando pensamos na morte e na ressurreição de Jesus (atividade sugerida pelo Calendário do Advento do Projeto do Coração – link nas referências)

 

25 de dezembro – Quarta-feira – É Natal!

Leia ou narre: Lucas 2:10,11

“Mas o anjo lhes disse: “Não tenham medo. Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo:
Hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador que é Cristo, o Senhor.”

 

Ensino: Recontem a história do Natal em família. Deixe seus filhos contarem a história do nascimento de Jesus que eles aprenderam e “ensinarem” as lições passo a passo.

Atividade: Desfrutem desse dia em família, orem, sejam gratos.

Material necessário: cabana, bichos de brinquedo, o burrinho, bonecos, tecidos para simular as roupas.

 

REGANDO A SEMENTE

               E chegamos no Natal depois dessa incrível jornada pelas narrativas bíblicas! Posso afirmar com absoluta certeza que, se você meditou nos textos, ainda que apenas para ministrar aos seus filhos, seu coração foi inundado de alegria por poder comemorar um dos melhores, se não o melhor Natal dos últimos tempos.

               Sabemos pela bíblia que a fé vem pelo ouvir a palavra. Precisamos nos lembrar, ainda que sejamos cristãos maduros, de que Deus costurou todo o plano de Salvação, com pontos específicos narrados desde os profetas, passando pelo nascimento e culminando com a morte e ressurreição de Jesus.

Minha sugestão é que nem você, nem sua família, parem de realizar devocionais. Separem tempo todos os dias para ler um trecho da bíblia e meditar no que Deus diz. Haverá dias em que uma atividade relacionada será bem-vinda, outros em que apenas uma oração seguirá o devocional. I importante é que, assim como Jesus, vocês continuem a crescer na sabedoria e na graça, diante de Deus e dos homens.

Forte abraço, com amor, em Cristo Jesus, nosso Salvador,

 Ívina Salviano

 

Referências

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s