Desmame X amamentação prolongada

Quando é que você vai desmamar Filipe? Escrevi um texto sobre isso quando Filipe tinha 17 meses. Era uma das perguntas que eu mais ouvia na época. Hoje, aos 22 meses, me parece que continua sendo a pergunta campeã com o acréscimo do espanto por eu continuar amamentando uma criança mesmo estando grávida (isso vale um post, mas é para outro dia).

Compartilho aqui novamente porque amamentar nos dias de hoje não me parece tão usual e ainda causa espanto nas pessoas uma criança que já anda e fala continuar mamando (apesar de não causar espanto nenhum uma criança de 3 anos tomando leite de vaca na mamadeira!)

Publicado no Facebook em 30/12/2014

Quando é que você vai desmamar Filipe? Aos 17 meses de Filipe e de amamentação, essa é a pergunta que mais ouço de parentes, amigos, conhecidos e de gente que eu mal conheço.

Geralmente respondo: “não sei”, porque dá trabalho demais explicar.

Tem dias que respondo: “nunca” e me espanto com o espanto de quem ouve.

desmame 2

Aos 17 meses, a onda agora é encontrar novas posições para mamar… e a mainha que se dobre

Mas o fato é que realmente não pretendo interferir nesse processo porque acredito que, assim como a introdução alimentar, o desenvolvimento motor (que possibilita ao bebê engatinhar, assentar e andar), a aquisição da fala, o desfralde e outros processos, o desmame deve ser natural e conduzido pelo bebê.

Se você é mãe deve ter percebido que, a despeito de toda nossa ansiedade, bebês só comem, engatinham, sentam, andam, falam e desfraldam quando estão prontos pra isso. Nossa interferência só costuma atrapalhar as coisas. Bebês/crianças deixam de mamar quando estão prontos pra isso. Uns mais cedo, outros mais tarde, mas não conheço nenhum que, na puberdade levante a blusa da mãe procurando o peito!

Acredito que o desmame começa quando começa a introdução alimentar. Gradativamente, a comida vai ganhando mais importância na nutrição do infante que o leite materno. Lembrando sempre que este nunca perde suas características nutricionais mesmo que, depois dos 12 meses, passe a figurar como complemento da alimentação e, diga-se de passagem, melhor complemento que qualquer latinha de Ninho, Mucilon ou Farinha láctea.

Segue tabelinha pra explicar melhor o papel do LM na nutrição do infante.

desmame 3

Contribuição do leite materno na nutrição da criança até os 2 anos

Entretanto, o ato de amamentar, muito além de alimentar um bebê, nutre sua alma pelo vínculo estabelecido com a mãe. Peito acalma, acalenta, “tira a dor”, conforta, embala o sono e estreita o elo entre mãe e filho.

Sendo assim, qual a razão da pressa em se retirar o leite materno? Acredito que sejam razões culturais sobre as quais não costumamos pensar e muitos mitos.

Algumas pessoas, para além do espanto ao ver uma mãe amamentando uma criança maior, demonstram certa discriminação, como se o ato de amamentar fosse, de alguma forma, pornográfico. A ponto de pensarem que a amamentação prolongada possa causar distúrbios sexuais, especialmente quando se amamenta um menino. Sim, já ouvi essa abobrinha mais de uma vez!

Entre os mitos mais famosos estão o de que o leite vira água, que a criança não vai desmamar por si nunca, que a amamentação consome todos os nutrientes da mãe, que se não desmamar a criança não comerá outros alimentos, que se não desmamar o bebê nunca vai dormir uma noite inteira de sono e blá, blá, blá, blá.

desmame 4

A parte em amarelo é o que o leite materno provê e a lacuna é o que os alimentos garantem. Portanto, nunca mais pense ou diga que leite materno é água!!

Se você é mãe, amamenta e pensa em desmamar, o que é lícito, pois cada uma terá disponibilidade, apoio e condições diferentes para a amamentação prolongada, faça isso por motivações reais e não por palpites sem fundamento. Pondere se realmente seus limites foram alcançados e procure apoio para uma remoção gentil e não abrupta do peito (sugiro a leitura de alguns textos lincados ao final da postagem). A maioria das mães que conheço e praticam ou praticaram amamentação prolongada não se incomoda ou se incomodaram com o fato do filho ter 2, 3 ou 4 anos e ainda mamar, mas se irritaram bastante com a pressão dos outros. Algumas delas até desmamaram por não resistirem ao tsunami de palpites.

Agora se você é pai, avô, avó, tio, amigo ou conhecido de uma mãe que amamenta, por favor, deixe que ela decida quando parar. Porque se intrometer numa relação que é tão íntima e só diz respeito àquela família? Porque gastar tempo tentando convencê-la de que o leite dela é fraco quando a ciência já comprovou que leite materno é uma potência? Porque, por favor, porque dar sugestões macabras para um desmame violento como colocar pimenta, pasta de dente, dipirona e outras coisas no mamilo da mãe? Vamos assumir uma postura mais consciente. Diga algo positivo ou, se ão consegue, apenas não diga nada. Dê um sorriso respeitoso e deixe aquele bebê mamar e aquela mãe amamentar, pois ambos são felizes assim!

Linko abaixo textos que me inspiram e me inspiraram a seguir amamentando, a despeito das opiniões alheias. A maioria deles do Grupo Virtual de Amamentação, um espaço de discussão e apoio para a amamentação fantástico que recomendo à todas as mães e cuidadores que conta com um blog e um grupo no Facebook. Também tenho lido bastante coisas interessantes no Mama Neném, que tem site e página no Facebook e recentemente acompanho com mais frequência do Aleitamento.com

Apoio às mães que amamentam após um ano 
Sobre desmame: a técnica do “mamá dodói” 
Como lidar com conselhos não solicitados 
Amamentar não é bom apenas por 3, 6 ou 12 meses. Amamentar… É bom por 2 anos ou mais! 
Amamentação continuada: os benefícios da amamentação para lactantes e crianças pequenas nutricional, imunológica e psicologicamente 
Amamentar não atrapalha a alimentação. Amamentar é… Nutrição! 
A supremacia do leite materno 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s