Parto domiciliar – preparando a casa

No post anterior tentei explicar um pouco o que é um parto domiciliar planejado bem assistido (veja aqui Parto domiciliar – o que é) e duas perguntas ficaram no ar. Por que optamos por um PD (sigla para identificar um parto domiciliar) e como se prepara a casa.

Falo hoje sobre a segunda pergunta, que parece aguçar mais o imaginário das pessoas. Muita gente me pergunta como eu esterilizo a casa ou se monto uma espécie de “home care”. Na verdade o preparo da casa é simples e as coisas que importam são poucas, ficando a maioria por conta do gosto pessoal.

DSC03985

Filipe envolvido nos preparativos – enchendo a piscina para testar. Com esses dois assistentes minha equipe vai passar tranquila!

Preparando a casa

Ao contrário do que muita gente pensa, não é necessário esterilizar a casa pra parir. A confusão é justificável, uma vez que nos hospitais a preocupação com a sanitizacao do ambiente é grande: uniformes dos funcionários, luvas, tocas, mil lavagens de mãos, álcool em gel pra onde se olha….

Mas é preciso lembrar que, diferente da sua casa, o hospital é um espaço onde se abrigam doentes de diversas patologias, onde os profissionais assistentes passam de leito em leito, podendo levar e trazer agentes patológicos. Na sua casa, as bactérias encontradas lhe são familiares e o atendimento será de um pra um. Em outras palavras, a equipe assistente só vai cuidar de você e de nenhuma outra pessoa mais. Não há risco de contaminação cruzada.

Para se ter um parto domiciliar, basta manter a limpeza rotineira da casa. E aqui abro parênteses pra confessar que minha casa nunca esteve tão organizada desde que Filipe começou a andar! Toda noite guardamos os brinquedos, Sadat lava as louças e passa um aspirador de pó e um pano no chão se estiver sujo. O discurso é sempre o mesmo: vai que o nenem resolve nascer essa madrugada…

DSC04007

kit parto domiciliar preparado

Desmistificada a necessidade da esterilização da casa, alguns materiais precisam estar separados para o parto. É uma espécie de kit Parto Domiciliar composto por:

DSC04012

  • Panos de chão – de preferência que possam ser descartados após o parto porque depois que a placenta nasce faz uma sujeira;
  • Toalhas velhas (eu preferi comprar lençóis descartáveis absorventes);
  • Lençol velho;
  • Plástico para forrar o colchão e/ou sofá;
  • Sacos de lixo;
  • Bolsas térmicas para alívio das dores lombares nas contrações;
  • Extensão e adaptadores de tomada;
  • Álcool a 70°;
  • Comida para a equipe (uma boa dica é manter comida congelada no freezer pois nunca se sabe quando o parto começará);
  • Gelo;
  • Absorvente geriátrico e pós-parto.

Importante ter separados também os seguintes itens para o caso de uma necessidade de transferência para hospital:

  • Mala para maternidade;
  • Documentos e exames do pré-natal;
  • Plano de parto.

A próxima lista é de supérfluos, se é que posso chamar assim. São itens que não são indispensáveis para o PD, mas que dizem respeito aos desejos da família. Para o meu 2° PD estão separados:

DSC04013

  • Mangueira com tamanho suficiente para ligar o chuveiro na piscina que ficará na sala;
  • Piscina de plástico;
  • Peneira – não tem ideia de pra que serve??? Depois de conto rsrsrsrs;
  • Tapetes absorventes;
  • Babá eletrônica -se Filipe estiver dormindo alguém poderá monitorá-lo com a porta do quarto fechada;
  • Velas – gosto do cheirinho cítrico das que tenho. Não usei no primeiro parto e estão guardadas para esse;
  • Camisola e top – feita com exclusividade pela vovó Solange para o primeiro parto e também não foi usada. Não deu tempo de pensar em nada!

DSC04016

  • Arnica ou spray de andolba para pós parto – para redução de edema ou laceração, respectivamente;;
  • Máquina fotográfica – apesar de ter contratado uma fotógrafa de parto, preferi ter a máquina a postos. Vai que não dá tempo dela chegar…
  • Bola suíça – para movimentação e alívio da dor;
  • Música para tocar durante o trabalho de parto. No primeiro não lembramos de ligar e não senti falta, mas para esse estou separando novamente. Quem sabe dá tempo?

Enfim, não há grandes mistérios porque o necessário mesmo é simples de se providenciar. A equipe assistente fica responsável por trazer os instrumentos e equipamentos para assistência ao parto domiciliar, que incluem cilindro de oxigênio, equipamentos para reanimação neonatal, sonar para auscultar o bebê, balança e fita métrica para avaliação do recém-nascido, instrumental para sutura, entre outras coisas.

Parto domiciliar é simples, é evento familiar, não tem grandes mistérios. Porque escolhemos parir em casa? Isso respondo no próximo post…

Anúncios

Um comentário sobre “Parto domiciliar – preparando a casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s